[Resenha] Starters

postado por Ingrid Santos

Autor: Lissa Price
Editora: Novo Conceito
Páginas: 368


Esse livro é parte da onda de ótimas distopias lançadas recentemente e tem características muito originais. A história se passa em um mundo pós apocalíptico onde toda a população do mundo entre 20 e 60 anos está morta por conta da Guerra dos Esporos e a população agora consiste em Enders e Starters.

Os Enders são os idosos, que são ricos e fazem a elite da sociedade, cuja expectativa de vida é de por volta dos 200 anos. Os Starters são as crianças e adolescentes que viraram órfãos e, em sua maioria, vivem em situação extremamente precárias, sem comida e moradia, quando não levados para as Instituições.

Callie Woodland e seu irmão Tyler são starters sem nenhum parente vivo, que vivem em um prédio abandonado com seus camaradas e seu amigo Michael lutando para fugir dos inspetores, que os levariam para as Instituições, e os renegados, outros starters que matariam por comida.  


Em sua incessante busca por dinheiro para poder ajudar seu irmão que está doente e conseguir um lugar digno para morar, Callie acaba descobrindo a empresa Prime Destination. A Prime é um banco de corpos onde, após uma mudança geral de aparência e o implatamente de um microchip em seu cérebro, o corpo de um starter é alugado por um ender que deseje aproveitar momentos com um corpo jovem e saudável. O que é, no mínimo, assustador mas Callie realmente precisa desse pagamento então vira uma doadora, e assina um contrato de três aluguéis. 

Os primeiros dois aluguéis de seu corpo vão como o planejado porém durante o terceiro Callie percebe que há algo errado quando recobra sua conciência em uma boate. Além de estar 'presente' em seu corpo quando não devia a garota ainda descobre que pode 'ouvir' sua inquilina dentro de sua mente, e que a mesma tem um plano terrível que pretende colocar em prática utilizando seu corpo. A garota descobrir mais sobre o plano para poder pará-lo (ou não).

O livro é bem construído, apesar de eu sentir falta de um pouco mais de informações sobre as tais Instituições e os renegados, até por que o mundo do livro é muito diferente do que já havia visto em qualquer outro livro.

As personagens secundárias são todas bem importantes para o desenrolar da história, e acho isso ótimo. As amizades que Callie faz ao longo de sua aventura são, para mim, muito importante. Até por que uma dessas amizades proporciona um grande momento OMG mais tarde na história, e essa é uma das minhas partes preferidas sobre a escrita da autora, ela coloca várias coisas que ao passar da história acabam se conectando de alguma maneira.

Sem contar o final, que proporciona um gancho perfeito para o livro de continuação,  que eu desejo ler o mais rápido possível. Para os que já gostam, e também para os que não conhecem bem o gênero distópico, esse livro é imperdível!

Classificação:

Bom, essa foi minha primeira postagem como colaboradora do blog e estou muito feliz por fazer parte da equipe! Só queria que soubessem que gostaria muito de saber a opinião de vocês sobre minhas resenhas; perguntas e correções sobre algo que eu escrevi também são muito bem vindas :D Beijos e boa semana pra todos; 







4 comentários:

Carol disse...

Ai que legal Ingrid!

Eu tenho esse livro faz um tempão, mas nunca consegui ler, e olhe que minha paixão na literatura, são os distópicos.
Mas sua resenha ficou MARA!!!

bjus
terradecarol.blogspot.com

Ana Caroline Lima disse...

O final realmente é perfeito e da um gostinho de quero mais. Estou esperando ansiosamente pela continuação.
http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

Mary disse...

Muito boa a sua resenha *-* fiquei com vontade de ler o livro agora

Enfim Shakespeare disse...

Não li nenhum livro desse gênero, mas queria ler algum.

http://enfimshakespeare.blogspot.com.br/

Postar um comentário

Obrigada pela visita.
Assim quando eu puder eu vou responder e retribuir o seu comentário, por isso eu te peço que não esqueça de colocar o link do seu blog aqui.
Volte sempre!
Beijinhos.