[Resenha] A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista

postado por Ingrid Santos

Autor: Jennifer E. Smith
Editora: Galera Record
Páginas: 224

Difícil alguém pensar que apenas quatro minutos podem mudar muita coisa em sua vida mas é exatamente isso que acontece com Hadley, uma garota de Nova York que está indo pegar o voo que a levará para Londres ao casamento de seu pai, com a futura madrasta que ela ainda não conhece pessoalmente. Porém Hadley se atrasa quatro minutos e, por causa desse atraso, perde o voo e tem de esperar no aeroporto pelo próximo, que só sairá horas depois. 

A garota espera impacientemente, sabendo que provavelmente irá se atrasar para o casamento do pai ao qual ela nem queria ir, porém em meio a isso ela acaba conhecendo Oliver, um britânico que mora em Nova York e que também está esperando pelo mesmo voo que ela. Os dois acabam conversando enquanto esperam e descobrem que vão sentar próximos durante o voo. Durante as várias horas da viagem os dois continuam essa conversa, passando pelos mais diversos assuntos e se conhecendo melhor, até que chegam ao destino e se veem separados. E é claro que eu adoraria dizer tudo o que acontece além disso mas não quero dar nenhum spoiler hahaha 

O livro é passado em apenas 24h, e eu mesma fiquei com um pé atrás quando soube disso, é extremamente complicado ambientar uma boa narrativa em um espaço de tempo tão curto e realmente pensei que as coisas seriam meio corridas e "jogadas" para nós leitores, porém, quando comecei a ler percebi que era o contrário disso. A narrativa é suave e lenta na medida certa, os acontecimentos são bem explicados, mas não da forma de forma longa e cansativa, e as personagens bem estruturadas, mesmo suas características não sendo assim tão marcantes.

Oliver  é exatamente o esteriótipo de cara de livros YA : fofo, inteligente, esperto e engraçado. Ele é a chave para todo o desenrolar da história e é possível sentir seu impacto em Hadley, a forma como ela a faz ver algumas coisas, o que me fez perceber que as vezes pessoas que mal conhecemos tem esse tipo de efeito sobre nós. Já Hadley com certeza não é uma personagem da qual eu realmente goste. Desde o começo a garota já me irrita com sua implicância com o pai e a madrasta que nem conhece pois ela não consegue superar a separação dos pais. Eu não tenho experiência nesse assunto porém Hadley continua presa a esse problema mesmo após seu pai, e até mesmo sua mãe, terem deixado isso para trás.  Mas Oliver e Hadley juntos são um bom casal e a  interação deles, a forma como a confiança e sentimentos vão crescendo durante as conversas, é ótima.

Embora o foco principal seja esse romance, também é bastante explorada a relação das personagens principais com suas famílias, como já é de praxe na maioria dos livros desse estilo, mas essas relações são diferentes das usuais. A relação de Hadley e seu pai  é um ponto muito importante e mais tarde descobrimos que a relação de Oliver com sua família também. Mas o drama do livro é bem discreto e tratado de uma forma muito boa.

O título do livro combina perfeitamente com a obra, e surge de um diálogo no meio do livro, adorei essa brincadeira da autora. A capa estrangeira é linda mas o trabalho de design da versão brasileira ficou adorável! Essa capa mostra muito bem o quão fofo e suave é o livro, que também é muito gostoso de ler e flui bem o suficiente para ser lido até mesmo em apenas algumas horas. Perfeito pra quem, como eu, está em um momento de querer um livro pra apenas divertimento e que goste de romance adolescente. Esse é um dos livros desse tipo que eu mais gostei, exatamente por essa leveza, por ser de fácil leitura, que te faz pensar sobre algumas coisas sem ao menos perceber.  Adorei e recomendo!

Classificação:





3 comentários:

Bruna disse...

A capa é um arraso!!
super beijo

Mania de Bruna
@ManiaDeBruna

Cristielen Camila disse...

Deu vontade de ler! Quero saber o restante da história!!! CONTAAA?
Beijos;*
blog-brigadeirando.blogspot.com.br

Ingrid - disse...

Aaaaaah bem que eu queria contar, mas não sou tão má assim! kkk
Beijos

Postar um comentário

Obrigada pela visita.
Assim quando eu puder eu vou responder e retribuir o seu comentário, por isso eu te peço que não esqueça de colocar o link do seu blog aqui.
Volte sempre!
Beijinhos.