Antes tarde que mais tarde

postado por Midiã Cardoso



Autor: Liana Cupini
Editora: Selo Brasileiro
Páginas: 112


Antes tarde que mais tarde é um livro divertidíssimo! Fazia muito tempo que eu não dormia tão tarde lendo um livro, e ontem eu não resisti. Eu comecei a ler “Antes tarde que mais tarde” depois da meia noite e quando percebi já eram três horas da madrugada. O livro estava tão bom que eu não consegui parar, Liana Cupini me surpreendeu com esse chik lit, e a única coisa que me deixou triste foi pelo fato do livro ser tão rápido. Mas valeu muito a pena.


Karla Cristina era formada em direito, porém trabalhava como telemarketing em um call center, no qual sua irmã mais nova era gerente e conseguiu esse emprego para ela. Karla se sentia frustrada profissionalmente, não gostava do seu emprego e muito menos do salário. Ela era formada em advocacia e  poderia está trabalhando em uma empresa jurídica e ser uma advogada de sucesso, mas com o tempo ela foi se relaxando e um emprego que a princípio seria temporário virou sua fonte de renda por mais de dois anos. Depois que terminou seu namoro - de quatro anos - com o Ricardo, ela entrou em depressão e começou viver sua vida relaxadamente. Já fazia um bom tempo que Karla não tinha um namorado, e sua vida estava cada vez pior. Tendo uma irmã nada amigável, porém muito bonita e uma amiga que tinha um rosto perfeito, uma voz linda e um ótimo emprego, Karla se achava um fracasso em pessoa, pois se sentia um pouco acima do peso, e se achava feia com suas celulites (mas qual mulher não tem?). Karla era infeliz, não cuidava da sua alimentação, e se sentia nem um pouco realizada.

No seu aniversário de trinta anos, Karla recebe como presente da noiva do seu melhor amigo, uma grande surpresa, o presente foi uma "Repaginada” total, sendo que essa "Repaginada" na verdade era o nome de um programa de televisão, onde algum amigo ou familiar inscreve uma pessoa que precisa de uma mudança radical no visual (parecido com o programa “Esquadrão da moda”). Sendo assim, Karla recebeu uma transformação no seu visual, mudando seu cabelo, suas roupas e até seu apartamento, quem não gostaria de receber essa transformação? Entretanto esse programa era conhecido nacionalmente, ou seja... o país todo estava vendo como a Karla era antes e depois da sua transformação nesse programa de TV. Desde então Karla decide tomar uma posição na sua vida e finalmente mudar. Se sentindo mais confiante com seu novo visual, ela começa correr atrás do que tanto almejava. Será que agora ela encontrará a felicidade e realização que ela tanto procurava?


"Enquanto minha irmã mais nova, de um metro e setenta de altura, cabelos de atriz mexicana e sorrido de dar inveja em qualquer pessoa de tão branco é considerada linda e perfeita, eu, Karla Kristina com K (isso é um dos traumas na minha vida), não cheguei direito aos básicos um metro e meio), estou uns cinco quilos acima do meu peso (jeito delicado de dizer que eu preciso urgente de uma nova segunda-feira, quando prometo que vou começar uma dieta e academia) e não consigo me entender como o meu cabelo "super   hiper mega cacheado  (cuja melhor definição foi " seu cabelo é de bandido: ou está preso ou está armado", piada que eu ouço desde os meus dez anos e que não influenciou em nada na minha baixa autoestima)."                                                          Pág. 9




Como eu havia dito no início da resenha, o livro é divertidissimo! Tem uma leveza surpreendente que nos prende de uma forma incrível. A história de Karla é basicamente um espelho da vida das mulheres brasileiras, pois quem nunca se achou um pouco acima do peso? Quem nunca achou uma amiga mais bonita que você? Quem nunca planejou algo, mas no final acabou deixando de lado? Quem nunca teve medo de arriscar? Quem nunca se achou um pouco feia? O livro é repleto de trechos engraçados, Karla é uma mulher hilária e os termos usados por ela são uma comédia. "Antes tarde que mais tarde" me surpreendeu bastante, e fiquei até arrependida de não tê-lo conhecido antes. Em vários momentos eu dei risadas, pois a personagem falava ou passava por algo que me identifiquei, e isso que torna o livro muito bom, pois ele relata fatos que muitos já passaram. Eu amei os personagens secundários, adorei a Karla, Lely e Max (muito fofo e  meu preferido), só achei o André, a mãe da Karla e a irmã um pouco chatinhos e os antagonistas - "os vilões" - me deixaram com um pouco de raiva, mas não são tão "terríveis" assim. O livro é narrado em primeira pessoa, pelo ponto de vista da Karla e isso faz com que o livro se torne ainda melhor, pois como eu havia dito ela é bem divertida, eu realmente gostei bastante dela, embora em alguns momentos eu quis socá-la, e dizer: "Acorda mulher!" Mas enfim, os personagens foram muito bem elaborados, todos tinha uma personalidade forte e visível. Liana trouxe para nós uma história onde aborda muitos temas e a maioria são atuais e vivenciados por nós, sendo os principais: o amor, amizade, força de vontade, autodeterminação e confiança. Nem preciso dizer que ADOREI esse livro né? E afirmo que ele foi um dos melhores chick lits que eu li neste ano. Sem dúvida eu o recomendo!


Classificação




14 comentários:

Emily Swan disse...

Oi, Midiã.
Eu conhecia este livro, mas tinha certo receio (não gosto muito de livros pequenos), mas depois de ler a sua resenha, percebi que ele deve ser muito bom. Vou ler com certeza! :D

Beijos,
Emily Swan
http://livro-apaixonado.blogspot.com.br/

Louise Mello disse...

Li esse livro recentemente e A-D-O-R-E-I! Me lembrou um pouco Bridjet Jones.
Ótima resenha.
Beijo
http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

Larissa Marçal disse...

Que capa linda *o* ; gostei muito da resenha, parabéns. Preciso do livro em 3, 2, 1... rs

Larissa,
http://garotameiosangue.blogspot.com.br

Desbravadores de Livros disse...

Tem um meme no blog para você. Espero que goste.

M&N | Desbrava(dores) de livros

Gláucia disse...

Jura que é bom? Mais um livro de autora nacional sendo elogiado!

Quero conhecer a Karla com K rs.

Você viu que tem a continuação dele, não viu?

Abraços


Gláucia
eassimestaescrito.blogspot.com.br

Midiã disse...

Ele é muito rápido, porém é ótimo. Eu adorei este livro, dei boas risadas com ele. Beijos.

Midiã disse...

Ainda não li Bridjet Jones, mas tenho muita vontade de ler.
Obrigada! ^^
Beijos.

Midiã disse...

É mesmo :))
Obrigada, que bom que gostou da resenha.
rs.
Beijos.

Midiã disse...

já vou ver, obrigada.
Beijos.

Midiã disse...

Juro! Os livros nacionais tem nos surpreendido ultimamente :D
Karla Kristina com K é uma figura rsrs.
Eu vi, e quero muito ler *-*
Beijos.

Beatriz Nathaly disse...

Nossa, parece ser realmente divertido o livro! Estou participando de uma promoção dele, se não ganhar vou comprar, pois fiquei morrendo de vontade de ler!

Amei sua resenha amore.

Beijos

Bia - Escrevendo Mundos

Tati Oliveira disse...

Oi Midiã!
Eu amoo chicklits, e já algum tempo venho querendo ler os livros da Liana, agora já sei por qual começar rs.

Parabéns pela resenha ;)

Bjoo

Midiã disse...

Ele é bem divertido mesmo, vale a pena conferir! Boa sorte!!!
Obrigada, beijão.

Midiã disse...

Esse é muito bom, é divertido, rápido e leve. Super indico!
Obrigada!
Beijos.

Postar um comentário

Obrigada pela visita.
Assim quando eu puder eu vou responder e retribuir o seu comentário, por isso eu te peço que não esqueça de colocar o link do seu blog aqui.
Volte sempre!
Beijinhos.