Resenha: As confissões de Laura Lucy

postado por Midiã Cardoso



Autora: Fernanda Saads
Editora: Novo Século
Páginas: 327
Classificação:  4.5




As confissões de Laura Lucy é o livro de lançamento da autora brasileira Fernanda Saads, lançado em 2011, pela coleção Novos Talentos da Literatura Brasileira. Confesso que eu não tinha nenhum interesse em ler este livro,  mas ele estava custando R$ 9,90 e é claro que não resisti. Mas logo nas primeiras páginas me arrependi de não ter ligo antes, realmente fiquei surpreendida.

Laura Lucy, uma mulher de quase 30 anos, ainda não tem filhos ou até mesmo um namorado para variar. Desejando conseguir o cargo de gerente de marketing na Empresa Helga, na qual ela trabalha, Laura se dedica ao máximo no trabalho para conseguir essa vaga, sendo que sua gerente, a antipática (parece mais uma bruxa) Joana Brainer, não facilita as coisas para ela. Apesar dos seus problemas no trabalho, e com seu excesso de contas a pagar, Laura não deixa de lado sua obsessão por livros de auto-ajuda, roupas e hambúrgueres, que são seu principal conforto, já que ela mora sozinha, e sua mãe só liga para ficar elogiando outra pessoa.
Apesar de estar com a vida agitada (nem tanto), Laura se depara com dois ótimos pretendentes, Bernardo e Baruk, que para quem estava solteira por muito tempo, ela estava muito bem, será? Totalmente desastrada, Laura se mete em cada situação, uma mais engraçada que a outra, mas a todo momento ela procura fazer o possível para se destacar na empresa e conseguir o seu tão sonhado cargo de gerente.

Mais uma autora brasileira que me surpreendeu, (a primeira foi Paula Pimenta), e estou muito feliz por isso. Como eu havia dito no inicio da resenha, eu não tive nenhum interesse em ler este livro, mas como ele estava na minha estante a algum tempo, eu resolvi pegar para ler, e logo no primeiro capítulo eu já gostei. "As confissões de Laura Lucy" é um chik-lit comum, porem muito engraçado, a cada página que eu lia, eu pensava: "Como a Fernanda Saads conhece a minha vida?" Infelizmente ou felizmente eu costumava a agir como a Laura, estava sempre em shoppings, comprando coisas sem necessidades, estourando meus cartões de créditos, substituía uma refeição por um hambúrguer ( pronto, confessei!). Mas o engraçado que eu aprendi muito com este livro, e apesar de não esta tomando mais essas atitudes, consegui perceber que viver dessa forma as vezes nos prejudica, (principalmente quando as faturas dos cartões chegam em casa. rs). Enfim, agora vamos parar de falar de mim, e voltar para o livro certo? (rs). Gostei dos personagens, a protagonista é muito engraçada, só não gostei da imaturidade dela, pois ela tomava atitudes que uma menina de 17 não tomaria, mas tirando isso, achei ela super simpática, determinada e divertida, gostei também do Bernardo (apesar dele ter algumas manias chatas), amei o Baruk (Quer casar comigo?),  e achei a Celina uma fofa! O livro tem uma leitura bem leve, e descontraída, e você rir bastante com as cenas desastrosas de Laura. O final... AHH o final... (suspiros) FOI LINDO! E nem posso dizer que é a melhor parte do livro não é? Então para saber o que tem de bom no final do livro, você precisa pegá-lo e começar ler da página 9 ( onde inicia a estória). Enfim,  recomendo este livro para quem gosta de chik-lit, agora se você não gosta...tenta ler também, As confissões de Laura Lucy, é uma leitura divertida.




0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita.
Assim quando eu puder eu vou responder e retribuir o seu comentário, por isso eu te peço que não esqueça de colocar o link do seu blog aqui.
Volte sempre!
Beijinhos.